top of page

Pedofilia na internet - sinais de possíveis pedofílicos

Atualizado: 27 de nov. de 2023

O perfil desse CRIMINOSO CONSCIENTE, "psicopata", pedofílico, predador e serial.


Todo o exagero, ou excesso são sinais alerta, e nesse caso, estes citados sobre a proximidade, interação, toque físico com crianças partindo de adultos é no mínimo suspeito. Em ambas as situações, esta são restritivas aos pais, considerando o zelo e preocupação, logo é desnecessários este "exagero" e excesso por parte de terceiros.


Criança brinca, toca e quer ficar perto de criança, animais e não de adultos, exceto os seus pais ou responsáveis e que tenham afeto e respeitos para com elas, e estas funções jamais devem ser dadas à terceiros, visto que na maioria dos casos os abusos e estupros cometidos por pedofílicos e pedofílicos-psicopatas são de pessoas de confiança próximas e que "adoram" crianças.


Sob a condição de fatos, pessoas e situações suspeitas, as perguntas devem ser feitas à quem é responsável pela criança, adolescente ou bebê e ao longo do artigo eu as cito dentro do contexto de suspeitas. Vejamos:


A proximidades com crianças

Por qual motivo um adulto faz sempre questão de ter crianças por perto a fim de promover ate situações para isto? Situações como promover em sítios, parques, casas, locais de diversão e no qual está coordenando a presença de crianças, devem ter a atenção dos pais redobrada, pois é nessa situação de "relaxamento e descontração" que o pedofílico-psicopata, visto que nesse momento ele promove situações e encontros legais e é uma pessoa "bacana", acima de qualquer suspeita.


Recentemente, do Programa "Domingo Espetacular" foi noticiado ex-presidente de moto clube de São Paulo, Itajiba Rodrigues de Souza, 63 anos que até então recebeu três denuncias de estupro de crianças, e em todas as situações dentro da piscina na frente dos pais, porém debaixo da água. Este é o perfil clássico do pedofílico-psicopata. Ele é sempre, sempre e sempre, muito legal, e acima de qualquer suspeita, afinal de que modo age um psicopata que engano pessoa o tempo todo?


Quem lê estes trecho e já passou por isso e eu peguei esta caso que já foi midiático de propósito, porque ele é "clássico". e caso você que está lendo conheça pais com crianças e ou já tenha observado uma "ser" destes e que te levem à suspeita, fique em vigilância e mostre esta série de artigos.


O contato físico com crianças

O Especialista em Crimes Sexuais contra Crianças, Sr. Rildo a Silveira, afirma que pela sua experiência, formação e observação à criança que faz há 23 anos em investigações, quesitos, laudos e perícia de casos desta natureza, os predadores sexuais, pedofílico-psicopatas (abusadores e estupradores de crianças e bebês), tocam e seguram a criança de forma diferente e no tempo mais longo, e claro, de forma insistente e reincidente.


A criança não deve ser pegar, exceto por extrema necessidade como não se machucar ou quase a se machucar. As partes íntimas de uma criança jamais devem ser tocadas, muito menos por terceiros, mas também pelos pais e responsáveis visto que são a maioria dos agressores.


Promover sempre situações ou brincadeira em que necessite tocar nas crianças é algo também MUITO SUSPEITO. Criança interage e brinca com crianças e não com adultos, exceto se forma essencial na brincadeira, como um abraço sincero de pai, mãe e uma irmão ou irmão, RESTRITIVAMENTE.


Olhares suspeitos para a criança

Não é novidade que desejar, cobiçar, intimidar ou dar um recado, é com os olhos e sua forma mais sigilosa e eficaz, e em certa vezes, dar à quem já sabe que via recebê-lo ou estar esperando receber.


Pedofílico-psicopatas, em especiais chantageiam as suas vítimas e por estarem sempre por perto não é difícil este olhar intimidador e que dá recados. Mas e não estiver por perto, na intimidade, ou estando à sós com a vítima, o olhar é nítido de intimidação ou deboche.


Tenham a atenção à forma com que as pessoas olhar para s suas crianças, pois os predadores sexuais e crianças, bebês e adolescente estão ao seu lado e jamais vão dizer quem são.


Perguntas "suspeitas" sobre a criança

Saber do que acriança gosta, aonde vai, do quem gosta e o que pensa é principalmente se além destes este adulto suspeito está conectado às redes sociais dela é um fato ALTAMENTE suspeito, visto que CRIANÇAS NÃO DEVEM TER REDES SOCIAIS, pois não sabem se defenderem. Perguntas que estão fora do escopo de convívio social restritivas à criança, jamais devem ser respondidas.


Estupradores, abusadores e também sequestradores de crianças para fins de tráfico humano, comercialização da exploração sexual infantil e tráfico de órgãos, utilizam o método da engenharia social, rastreabilidade e coleta de dados de comportamento, para facilitem o acesso à criança incluindo o acesso (pela rede) através dos pais.


E na internet?

Não foge à regra no mundo físico, a diferença é na forma de acessar, narrativas, disfarces e sugestões de brincadeiras, "desafios" e conversas e interações direcionadas para locais de menor rastreabilidade, não para nós peritos e para a polícia judiciária.


O que deve ser feito é o monitoramento da criança severamente, e que, não deveria estar nem ali.


Na maioria das vezes o pedofílico (estuprador-abusador) se disfarça de outra criança e após promover brincadeiras que pare ele possuem satisfação sexual, e logo após, ou ele encerra o contato ou ainda sim usa o material para satisfação da própria e contínua e ou para a comercialização.


As buscas pela rede de assuntos sobre criança, comportamento, penalidade de abusadores e no uso de ferramentas como o u- Torrent dependendo da forma com que foi feita como a frequência, horários de acesso levam à suspeitas do pedofilico-psicopata me rede. Estes métodos, estratégias e ferramentas facilitam a transmissão e arquivos em especiais e principalmente os ilícitos.


"Diga com quem andas , e eu direi quem és."

Apenas duas coisas: comunicação visual, conforme já mostrada anteriormente e reuniões e eventos de portas fechadas, geralmente, agendas não especificadas, geram dúvidas sobre reuniões de consumidores de tráfico humano, incluindo as crianças.


O perfil está na classe social A, e 3A, devido ao investimento na "diversão' e que não é baixo. Eles "lixos" que socialmente são respeitados por boas ações, pelo poder dinheiro e, em alguns casos por integrarem instituições supostamente respeitadas ou seitas, deve ser observados pela estratégia desde à que participa que agem como "facilitadores" pela omissão da situação citada acima.


Uma recomendação como Especialista: tenha cuidado à quem leva esta discussão, porque os suspeitos geralmente defendem o pedofílico-psicopata estuprador e abusador, justificam como doença e condição e principalmente saem na defensiva ou tentam colocar a sua pergunta com outra. A condição de pedofilia é a mesma da psicopatia, porém jamais significou uma doença e sim um transtorno, o mesmo que o bipolar possui, o psicopata possui, borderline e etc. Tem sempre um psicopata ou pedofílico-psicopata ao seu lado e você ainda não sabe disso.


Qual seria o interesse dele num caso em que ele não participa? Ajudar o seu coleta ou rir da sua cara.


Porém nem sempre estupradores e abusadores são pedofílicos e sim pessoas sem qualquer empatia, remorso ou culpa pelo ato e também possuem desejo sexual por adultos.




Indicadores
  • A cada 24 horas, 320 crianças e adolescentes são vítimas de abuso (Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente);

  • 7 a cada 100 casos são denunciados

  • 75% são meninas, a maioria negra;

  • As meninas são vítimas de espancamentos, estupros, álcool e drogas, além de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs);

  • 2017 a 2020, 180 mil sofreram violência sexual (Panorama da Violência Letal e Sexual contra Crianças e Adolescentes no Brasil - UNICEF e Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP);

  • Crianças de até 10 anos representam um terço do total: 62 mil das vítimas em quatro anos (Agência Brasil EBC);

  • 17.093 denúncias de violência sexual contra menores de idade, por abuso sexual foram 13.418 casos. (Disque 100);

  • 70% dos casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes são praticados por pais, mães, padrastos ou outros parentes das vítimas; (Agência Brasil EBC);

  • 70% dos registros, a violência foi cometida na casa do abusador ou da vítima; (Agência Brasil EBC)



Acesse siga e compartilhe o primeiro programa sobre crimes sexuais conta crianças: #GritoMudo, um programa do Canal Wolf, o canal da inteligência e do forense.






Fontes de pesquisa e referências bibliográfica:






Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page