top of page

"Burnout de Apps" (Dating burnout): exaustão, frustração e quase um vício nesse "jogo".

Atualizado: 27 de nov. de 2023

Acessar, buscar, desenvolver com 15 pessoas e aguardar na ânsia de dar certo e de repente..._" Vamos começar de novo, dessa vez vai dar certo!"


Entra no ar em 1995 o site de relacionamentos Match.com e no ano de 2000 o OK Cupid E em 2002 a ascensão do Par Perfeito inicia uma cultura das tentativa de relacionamento à distância com uma grande aceitação, pois os filtros eram adaptáveis à época em que os textos de apresentação eram mais "longos" e as intenções de relação mais duradouras, ou menos curtas do que as atuais. Esse fator se dá também pelo fato do tempo na internet ser bem menor do que hoje e pelo acesso ser pelo comutador e não pelo celular.


A disrupção do Tinder em 2012 fez nascer a "era de prateleiras de pessoas vazia", _hoje acumulando mais 50 milhões de usuários e durante a pandemia da Covid_19, o acesso à plataforma aumentou em 19%.


As plataformas e a sua logística leva à falsa percepção de "dependência" do aplicativo e em função da cultura permissiva da falta de responsabilidade para com as pessoas envolvidas o comportamento lesivo (Joanne Orlando, escritora e pesquisadora da Austrália). Um bom exemplo é no Tinder que acumula um significativo percentual de homens casados, (Dana Weiser, professora da Universidade de Tecnologia do Texas - EUA), e suma sem compromisso algum com ambas as partes.


Alguns exemplos de comportamento lesivos e danoso às pessoas e entre pessoas espelha a cultura atual das relações como: 35% dos usuários do Tinder pela má experiência no tocante ao desapontamento (Leah LeFebvre, professora da Universidade do Alabama - EUA/ Plenty of Fish).


Encontros iniciados pelo aplicativo aumentaram em 406% desde 2020 e grande parte de forma paga (pesquisa realizada pela AppsFlyer), dedsta forma , temos um cenário de aderência à plataforma na qual se molda de acordo com os seus usuários que por sua vez, respondem ao aplicativo


Entendo a Síndrome de Burnout

A CID-11, código relacionado à Síndrome de Burnout (Síndrome do Esgotamento Profissional), é uma doença mental que resulta pela vivência de situações de trabalho desgastantes. Um quadro de estresse crônico relacionado ao trabalho com um desgaste mental superior a sua capacidade de suportá-lo.


O nome dado que aproxima da questão do trabalho é pelo esforço repetitivo e exaustivo, que nos dá uma Síndrome do Esgotamento, o esgotamento de buscar, buscar e arduamente, nunca achar e se frustrar.


Vício e o "jogo patológico"

O jogo patológico - Jogo patológico é uma condição adquirida ou não neurológica que se refere ao vício em jogar. Esse nome é dado porque o comportamento da pessoa é persistente e apesar das consequências negativas, o portador segue jogando. Jogos de azar são mais comuns de se tornarem patológicos, mas qualquer jogo prazeroso pode viciar o jogador.


Abaixo a ilustração mostra o "ciclo vicioso" da prospecção de namorados, namoradas, porém para quem busca um encontro apenas, esse esgotamento é menor, pois tanto faz quem está doutro lado da tela, ele não dura por mais de um encontro.


Síndrome de "Burnout" dos aplicativos de encontros - "Dating burnout"

Acessar, filtrar, selecionar, _assim como um setor de recursos humanos_, clicar me gostar, esperar o "match", iniciar a conversa e simultaneamente com mais umas 6 pessoas quando a média de tentativas são de 20 à 30 "match" correspondidos.


Após essa jornada, começam as ligações e conversas em textos e áudios pelo Whatsapp e assim o encontro é agendado. Quando a pessoa "não recebe um bolo", o encontro acontece. Se houver sexo e realmente tiver interesse , as coisas continuam, mas sempre com os chamados "contatinhos", no "bolso" porque caso dê errado, rapidamente posso acionar outros. E desta forma todos os contatinhos também fazem a mesma mecânica exponenciando as possibilidades e diminuindo o empenho de manter algo, visto que é muito fácil ter outro.


Alguns sintomas do esgotamento pelo uso excessivo e repetido do aplicativo de encontros:

  • o acesso ao aplicativo deixa de ser prazeroso e sim um martírio;

  • começa uma ralação já pensando em se essa der errada, o quanto será árduo a próximo prospeção de namorado (a);

  • parece uma prioridade na vida;

  • as relações possuem um peso maior do que deveria, e o candidato com uma responsabilidade maior que deve;

  • reações físicas similares ao estrese e depressão como: durante o uso e antes, temos o suor excessivo, aceleração cardíaca, vontade de chorar e frustração e medo de dar errado;

  • acordar no meio da noite para verificar retornos, curtidas e e alguns casos realizar novas tentativas e verificar o status de atividade do pretendido (a);


Uma pesquisa do Think Tank (Pew Research Center) aponta que as mulheres e usuárias de aplicativos possuem aproximadamente 35 anos de idade e em quase 50% já sofreram agressões verbais e quase 20% ameaças ao integridade física e de morte, uma grande parte recebeu "trolls" e assédio e importunação sexual na forma de alguns ainda enviam imagens pornográficas "não solicitadas".


A questão do desgaste vai além da busca e a prospecção de candidatos, com acesso, configurações buscas e tentativas e erros, como num jogo e, no caso, sendo frustrante. Um parte dos usuários do Tinder são de homens e casados, logo para quem buscar uma relação série, isso não acontecerá.


Segundo o Terapeuta comportamental, Sérgio Lima, CEO do "Sabedoria Emocional" que atualmente se tornou especialista em relações abusivas, aponta que todas as pessoas com esses sintomas desse esgotamento de busca, ficam sem motivação para buscar uma nova relação, descrente em pessoas e em relacionamento e se sentindo incapacitadas em alguns casos para toda e qualquer relação. Sérgio ainda completa fazendo uma menção importante sobre o comportamento narcisista que difere do narcísico que vê nessa ampla possiblidade e funcionalidades informática um "parque de diversões": _"Nem sempre o comportamento narcisista traça um perfil narcísico, e sim a ferramenta que induz ao comportamento."


Sérgio Lima alerta que o tratar de si mesmo deve ser feito antes de seguir com qualquer investimento noutra relação independe do ponto inicial, virtual ou físico. Atualmente o profissional completa mais de 5mil pessoas atendidas por questões emocionais e que o encontrou pelo Instagram incluindo, vítimas de narcísicos comuns passando por psicopatas e chegando à homens violentos e exploradores.


Os golpes na forma de fraude do amor e do sexo e da própria relação com perfis narcísicos, de golpistas com o dolo patrimonial e ou financeiro nos encontros online, fez e faz com que a descrença nas pessoas acessadas pelo aplicativo gere um comportamento de "indiferença" para com os demais passando a agir de forma cruel na forma de defesa.


A naturalidade do ato atualmente compreendido de "ghosting" faz com que os contatos sejam frios e já descrentes no sucesso, buscando sempre ter um "backup" no bolso para futuras investidas.


No cenário de contatos e relações ou encontros iniciados por aplicativos, temos a "cultura permissiva e aceitável" do chamado "ghosting", um termo dado ao desaparecimento repetido da pessoa na qual está iniciando um contato, que na maioria das vezes está falando com uma pessoa e mais outras várias e encontrou outra na visão dele uma viabilidade melhor de relação ou encontro casual e ou sexual, e some sem deixar pistas, e sem a mínima preocupação.


Zygmunt Bauman lançou uma coleção de livros sobre as relações e a modernidade líquida, onde as amizades e relações começas e se desfazem com a mesma facilidade iniciada no formato on line: curtidas descurtidas, amizade, desamizade, cancelamento e bloqueios. Essa mecânica de busca virou um jogo, com pessoas vazias na "prateleiras e esteiras" nos aplicativos, e que "comece o jogo!".



O Instituto do Cérebro em Paris na França sobre a "Fadiga da decisão" no sentido da intoxicação do cérebro, apontado em resultados de condições físicas com mudanças na dilatação da pupila, fadiga para demandas densas e pesadas e para que interessa ao artigo apresentado as mudanças nas escolha devido ao curto tempo menor para a tomada de decisão e devido à recompensa demanda de decisão.


Pesquisadores sugerem na pesquisa que acúmulo de glutamato devido à exaustão e alta demanda no cérebro faz o córtex pré-frontal trabalhar mais e por consequência diminui o controle cognitivo. Se esta teoria for consolidada de modo científico, coloquemos ela à esta exaustiva tarefa do Dating Burnout.


Alertas e recomendações

Quando um ciclo exaustivo se torna "viciante" começar a tomar proporções em sua vida e te limita às atividades essenciais ou as atrapalha, esse "vício' precisa passar e as suas causas também. Buscar ajuda psiquiátrica é essencial e entender o porquê desta necessidade é de caráter de urgência, pois estando nessa condição é mito perigoso encontrar perfis lesivos e criminosos entro dos aplicativos, pois estará vulnerável demais para lidar com o racional.



A mudança e percepção do que se é normal fica abaixo do que se espera do mínimo de reciprocidade e de responsabilidade de um para com o outro, e quando isso se torna aceitável a qualidade fica abaixo do esperado e "raso"


Faço um parênteses aqui sobre um aplicativo que me chama atenção que é o Inner Circle. Esse aplicativo oferece a possibilidade do usuário o encontro e o "match" em reuniões organizadas pelo próprio aplicativo. os encontros são fechados e as cidades são poucas, logo temos um público mais refinado e filtrado. Recomendo para os casos de buscarem uma relação duradoura e pela segurança que ele possui, incluindo de verificar as "tais denúncias" e "banimento".






Referência bibliográfica:


















Kommentarer


Kommentarsfunktionen har stängts av.
bottom of page