top of page

Fraudes e golpes pela rede: Tinder, OLX e Facebook

Atualizado: 27 de nov. de 2023

Vulnerabilidade constante e tendências variáveis


O que é constante e o que é variável neste cenário? Variáveis são as ferramentas, mas constantes são estupidez e vulnerabilidade humanas, sempre.


Distinção e conceito: fraude, estelionato e golpes.

É preciso entender e discernir estas três palavras:

  • Estelionato - art. 171 - Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento;

  • Fraude - do latim fraus, é uma ação contrária àquilo que é verdade e àquilo que é honesto e honesto e para fim de prejuízo;

  • Golpe o mesmo que estelionato.


"Modus operandi" de golpes mais comuns

Os golpes são realizados partindo da observação da falha ou vulnerabilidade humana ou na falha do uso da tecnologia envolvida, e no caso, falamos aqui de software de relacionamentos e encontros, compras e vendas e relacionamento social, no caso o mais popular, o Tinder, o OLX e o Facebook-Instgram respectivamente.


O golpe é possibilidade a vantagem sobre o ganho comum da vítima e que na verdade será do fraudador, pois é oferecida vantagens que desde o "início da humanidade" não existem. Essa abordagem e estratégia ocorre em momentos em que a vítima está vulnerável, seja psicologicamente, financeiramente e com afetos aflorados. Nada nunca é lindo, rápido, fácil e com altos ganhos, sejam eles quais forem, menos quando você não tema capacidade de racionalizar isso.



As vulnerabilidade técnicas

As vulnerabilidades técnicas atualmente seriam a questões da segurança envolvendo criptografia junto de suas camadas, a fases para acesso, conferência autenticidade e integridade. O ser humano "estúpido" sempre ajuda para os casos de fraude, pilar para todo estelionato, pois a vítima ajudou.


Usávamos os braços, depois as mãos, depois os dedos e agora somente um, então, como ter a percepção real de fases de segurança envolvendo as bases de segurança da informação citadas acima? Concluo que enquanto o ser humano não for educado no tocante à risco e danos, de nada adiante ter densa e alta tecnologia em "suas mãos ou dedos".



As vulnerabilidade "humanas"

Uma das vulnerabilidades humana é a emoção que tira a sua capacidade de razão, ou seja, de cálculo "puro". Alinhada à essa condição, coloco a "estupidez" como uma aliada e talvez condicional para o funcionamento de vulnerabilidade em algumas situações.


Dentro da estupidez, imagino dispensar as atitudes dos quais os usuários digitais e de plataformas de internet, o chamado "ser humano", possa colocar a própria comunidade, família e humanidade em risco com atitudes estúpidas de egoísmo, domínio, poder e e alguns casos de insanidade mesmo, inconsequentes.


O cérebro humano não tem a capacidade de pensar em vários cálculos ao mesmo tempo, ele possui apenas um foco, mas consegue dar atenção para vários, mas o cálculo é somente par um, isso explica o fenômeno de golpes sofridos pelo meio digital e anteriormente pelo telefone no qual são feitos em momento em que a atenção e foco estão direcionados á outras atividades fazendo com que esse cálculo não seja tão bem sucedido na abordagem do golpista, seja por telefone ou pela internet.


No caso de aplicativos de encontros as manipulação e sedução são sempre as mesmas e elas iniciam-se na parte visual como no mundo físico e depois na narrativa também com no mundo físico. Depois se é gope ou não existem dois caminhos, o de risco ou que pode gerar risco ou o que não se dará em nada.


Investigações e perícia de crimes de fraudes e golpes

Geralmente o crime é feito pela sedução e manipulação que gera a materialidade textual e de imagens, quando se há propaganda, o chamariz. A narrativa do emissor, no caso o fraudador e estelionatário possui padrões e e grande parte está ligada em uma quadrilha especializada no crime específico de estelionato e fraudes visando fins financeiros. Quando há proximidade a evidência é de áudio pela mensageiria de Whatsapp.


A rastreabilidade de contas utilizadas nos crimes como os de sequestro mediante grave ameaça e extorsão ("Tinder-Pix"), e 'fácil, porém após o saque realizado pelo agente (criminoso) que realiza, distribui o dinheiro físico é de difícil recuperação porque é físico e não digital, ou seja rastreável. A conta "laranja" para a transferência "PIX "sim, mas após o saque, a coisa complica.


No caso do crime elaborado com a vítima atraída pela sedução aos encontros permitidos pela plataforma "Tinder" a maior gravidade é o risco de morte, visto que a vítima pode não ter o valor desejável e ser chantageado até por meio de familiares. Nesse sentido envolve também o desaparecimento de pessoas diretamente ligada ao tráfico humano, mas este artigo falaremos noutra oportunidade.


Em ambos os dois últimos caos citados são evidências de registros, acessos e de sistemas feitos por peritos de alta plataforma em sistemas de telefonia, bancários e demais envolvidos.



Tendências de crime envolvendo golpes e fraudes.

As tendências são de acordo e em função das funcionalidades e uso das ferramentas (aplicativos). Para toda funcionalidade altamente "linda, rápida, fácil e insegura" existirá uma "bestialidade", defino-a assim: (T = F -> b). A cada dia aparece um "modus operandi", uma forma de agir e principalmente de manusear a tecnologia em benefício do crime.


E por falar em ser humano que a cada dia possui facilidades para raciocínios desde o seu aprendizado...





Referência bibliográfica:




https://conceito.de/fraude

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page